fbpx

Água, o alimento mais importante para um cavalo

Compartilhe :

Um cavalo pode beber entre 25 e 75 litros de água por dia, dependendo do clima, da atividade física, do tipo de ração e da quantidade de umidade que a dieta contém.

Muitos parâmetros devem ser levados em conta de acordo com o estilo de vida do cavalo

Estes diferentes critérios devem ser levados em conta…

Um cavalo com capim bebe relativamente pouca água: entre 10 e 20 litros, dependendo da estação do ano, pois o capim contém muita água. Por outro lado, os cavalos no estábulo com ração fabricada e forragens secas precisarão de muito mais água.

Um cavalo não vai beber água suja ou poluída. Se ele não beber o suficiente, o risco de cólicas aumenta. As fezes devem ser verificadas para garantir que não estejam duras e secas.

Se os cavalos bebem em baldes, estes devem ser lavados diariamente. Os tanques de 500 litros de água devem ser cuidadosamente limpos com uma escova a cada duas semanas.

Hoje em dia, os bebedouros de água são muitas vezes automáticos, mas é preciso ter cuidado para garantir o seu funcionamento adequado e a sua limpeza.

Para cavalos que bebem de baldes, a ração deve ser dada depois que o cavalo tiver bebido para evitar problemas de estômago.

Análise: uma forma simples e eficaz de evitar surpresas desagradáveis para o seu cavalo

Recomenda-se a análise bacteriológica e química para medir a presença de nitratos, nitritos e metais pesados quando se utiliza água de poço. Estes testes não custam muito em comparação com uma visita do veterinário!

Se a sua água vem da torneira, nada o impede de verificar a sua qualidade. A água provavelmente é boa para você e sua família, mas após chuvas fortes, ela pode conter grandes quantidades de cloro, que não é apreciada pela flora intestinal do seu cavalo.

Um especialista em água pode dar conselhos valiosos e filtros de água (de carbono…) podem ser instalados.

Após exercício prolongado, tome cuidado para não dar grandes quantidades de água e especialmente água fria para evitar « cólicas hídricas ». Também pode ser útil despejar um pouco de sal na água para compensar a perda de minerais durante a transpiração (10 litros por hora). Um cavalo também precisa de uma reposição de eletrólitos (sódio, potássio, cloro) para ajudá-lo a se recuperar rapidamente do exercício.

Cuidado! Um cavalo desidratado não bebe automaticamente.

Não é raro que os cavaleiros tragam sua própria água potável para as competições. Um cavalo é muito exigente com a água que ele bebe, alguns podem se recusar a beber se a água tiver um sabor estranho. Uma boa dica para evitar recusa em novos locais é colocar gotas de suco de maçã ou uva na água que ele está acostumado a beber em casa uma a duas semanas antes de viajar, fazendo o mesmo com a água do local de competição.

Uma égua lactante deve ser capaz de beber água suficiente para produzir leite suficiente. Uma égua de raças leves produz entre 15 e 18 litros de leite por dia, enquanto uma égua de tração pode produzir até 25 litros por dia.

Mais um bom motivo para monitorar a qualidade e quantidade deste « alimento » de grande importância para cavalos: a ÁGUA.

Conversa aberta
1
Olá!
A Royal Horse agradece seu Contato. Para melhor atendê-lo, por favor informe sua cidade, estado e contato, e se sua dúvida ou interesse é sobre compra de produtos, revenda de produtos ou dúvidas técnicas.