fbpx

Como se trata a osteoartrite em cavalos?

Compartilhe :

 

Definição de osteoartrite e sintomas da patologia

Como nos humanos, a osteoartrite (também conhecida como doença degenerativa das articulações ou DDA) em cavalos é degeneração lenta e progressiva da cartilagem articular acompanhada de alterações nos ossos e nos tecidos moles da articulação. Esta condição é progressiva e irreversível, mas é possível limitar sua progressão. Ao contrário da crença popular, os cavalos podem sofrer de osteoartrite em qualquer idade, especialmente quando se trata de cavalos de esporte, quando a patologia pode aparecer em função de uma carga excessiva de exercício intenso. A osteoartrite se desenvolve principalmente nos membros (joelho, boleto, jarrete), mas pode afetar outras partes do corpo, como a coluna ou a pélvis. Quando ela afeta os membros, a osteoartrite se manifesta por claudicação (manqueira) intermitente, especialmente em terrenos duros e logo no início do trabalho. À medida que o cavalo se aquece, a manqueira tende a desaparecer ou atenuar-se. Você também pode notar inchaço nas articulações de seu cavalo, que é causado pelo líquido sinovial que escapa da articulação.

 

Tratamento da osteoartrite em cavalos

Para fazer um diagnóstico, seu veterinário pode utilizar radiografias, ultrassonografias ou tomografias computadorizadas. Dependendo de seu diagnóstico, seu veterinário pode recomendar vários tipos de tratamento, tais como infiltrações (injeções intra-articulares, por exemplo de corticosteróides, ácido hialurônico etc.), anti-inflamatórios em geral, mesoterapia (injeção de produtos sob a pele usando pequenas agulhas, em uma determinada superfície), ou infusões de bisfosfonatos (que atuarão sobre as células responsáveis pela destruição óssea e assim aliviarão a dor). Se a osteoartrite afetar os membros de seu cavalo, o ferrador poderá adaptar a ferradura e o casqueamento de seu cavalo para dar o máximo alívio a suas articulações. Além disso, certifique-se de que seu cavalo não fique com sobrepeso, de modo a não criar pressão adicional nas articulações de seus membros.

 

Complementando a dieta de seu cavalo

Além dos tratamentos que o veterinário pode prescrever, você pode complementar a ração de seu cavalo com produtos que promoverão a regeneração de sua cartilagem e aliviarão a dor. Você pode escolher suplementos baseados em colágeno hidrolisado e GAGs (glicosaminoglicanos, tais como condroitina), componentes naturais da cartilagem de seu cavalo. O MSM (metil-sulfonil-metano) também é conhecido por ser muito eficaz no alívio da osteoartrite. Algumas plantas também aliviam a dor ou inflamação das articulações, como o herpagophytum (ou “garra do diabo”), o açafrão-da-índia e o gengibre.

 

Adaptando o trabalho de seu cavalo

Se seu veterinário diagnosticar osteoartrite no seu cavalo e prescrever tratamento, alguns ajustes terão que ser feitos em seu regime de trabalho. Mais especificamente, você precisará passar mais tempo aquecendo seu cavalo antes de uma sessão, enquanto suas articulações esquentam bem. A atividade de seu cavalo deve permanecer regular e os períodos de descanso prolongados devem ser proibidos. Você também deve escolher um terreno macio e de boa qualidade para suas sessões a fim de não causar grandes impactos nas articulações de seu cavalo.

Mantenha sempre seu cavalo em condição corporal ideal, sem excesso de peso. Escolha rações de energia moderada e adeque a quantidade ao trabalho dele, monitorando seu estado corporal e peso para servirem de guia para eventuais ajustes. Opte por trabalhar com feno de gramíneas e reduza a oferta de feno de alfafa, para garantir calorias controladas e evitar o ganho de peso excessivo.